quarta-feira, 10 de agosto de 2011

ESTOU CANSADO



Estou cansado!!!

Cansei, cheguei ao limite, não aguento mais!!!

Calma. Isso aqui não é uma carta de despedida. Não estou dizendo que estou cansado deste “mundo cruel”, nem tampouco de minha vocação pastoral, meu casamento, quanto a estes, sim, tenho os meus percalços, entretanto nada que valha dizer que cansei deles e que por isso venha a desistir de tudo. E antes que alguém me aconselhe com versículos bíblicos exortando-me a esperar no Senhor porque serei renovado, correrei e não me casarei, caminharei e não me fatigarei, que o evangelista Mateus registra o convite de Jesus “vinde a mim todos vós que estais cansados e oprimido e eu vos aliviarei”, quero expor o que me causou a canseira.
Lembram-se quando Paulo Romeiro escreveu “Evangélicos em Crise”, isso na década de 90? Já naquele tempo havia uma grande preocupação com o rumo que o evangelho de Cristo (que é simples) havia entrado, principalmente com a mercantilização da benção de Deus. Era o ápice da teologia da prosperidade que tomava conta das igrejas, em sua maioria neopentecostais, e agora outras que não dá nem pra atribuir uma nomenclatura devido a falta de identidade desses novos “ministérios”, que inclusive hoje evitam colocar o nome igreja, é preferível “comunidade”, “ministério”, “casa de oração”, “tenda”... e por aí vai. Seria bom um “recall” (do inglês "chamar de volta", "chamamento") sobre o tema evangélicos em crise. Durante quase um ano deixei de postar neste blog, e um dos motivos é porque percebi que, embora eu não seja idoso (tenho apenas 36 anos) já fiquei ultrapassado, a mensagem que prego é a mesma pregada a mais de 2000 anos, não tenho nenhuma novidade teológica pra oferecer aos meus leitores. Também não evoluí na hierarquia, continuo pastor, em detrimento a outros que hoje preferem ser chamados de bispos, apóstolos, paipostólo, patriarca, quiçá semi-deus. Também não fui ainda a Israel, hoje, condição “sine qua non” pra ter autoridade espiritual, em virtude disso também não fui rebatizado no rio jordão. Falando em batismo, um amigo meu de infância, hoje apóstolo, tem uma idéia interessante sobre o batismo; se um membro da igreja dele quer confirmar o batismo feito no tempo que era de uma igreja “conservadora”, ou se ele pretende entrar em um propósito especial de oração, ou se precisa de uma cura, um milagre, não importa o motivo, batize-se, também não importa quantas vezes.
Quando eu era criança, eu me lembro no culto, na hora dos dízimos e ofertas; o dirigente anunciava o momento, era mais ou menos assim a fala: “este é um momento especial da igreja onde os membros com alegria devolvem ao Senhor seu dízimo e sua oferta, os visitantes sintam-se a vontade”, cantava-se o hino e em 5 minutos a igreja cultuava ao Senhor com sua renda. Hoje temos os dízimos e as ofertas: oferta de primícia, oferta de sacrifício, oferta de amor, oferta de gratidão, oferta de honra, oferta de propósito, oferta de libação, oferta para prosperidade, oferta para completar a obra começada, oferta para participar da graça de Deus (essas duas últimas achei aqui http://www.estudosdabiblia.net/d102.htm ), e a maior parte do culto é dedicado a ensinar que precisa contribuir. Li esses dias que um pastor, fundador de uma denominação, doou o valor da venda de seu carro, estimado em 200 mil reais, pra sua própria igreja e disse aos seus fiéis que se devem imitar a fé do pastor, não quero ser juiz, mas será que ele doaria se não fosse pra denominação na qual ele é presidente vitalício? (http://noticias.gospelmais.com.br/silas-malafaia-vendeu-carro-doou-dinheiro-igreja-17723.html). E o que dizer das novas unções? A do sopro e do riso já ficou pra trás, tem a unção dos quatro seres, eu já vi um, com a “unção” do leão, fazendo careta e rosnando, um outro gritando fininho e batendo as mãos como se fosse águia, nesse confesso que pensei besteira, tem aquele vídeo popular no youtube, daquela cantora, que em determinado momento põe-se na posição típica do animal quadrúpede andando e começar a “fluir”.
Tomar a cruz, hoje, foi substituído pelo evangelho hedonista, pela busca incansável da satisfação plena das necessidades de sua carne, do corpo perfeito com saúde plena, finanças prósperas. O crescimento espiritual contínuo e perseverante foi substituído pela transferência de unção, unção por osmose, num toque do ungido você recebe tudo o que aquela pessoa possui unção de milagre, de cura. O ministério dos anjos, espíritos ministradores, foi substituído pelos querubins e serafins, tem aquela oração daquele pregador que nunca sabe se ainda tem crédito com Deus, que diz: “Senhor, se ainda tenho crédito contigo, envia 5 serafins a este lugar”...
E a visão? Se você não está na visão, você não está na benção. É G12, M12, G5, igreja com propósito (existe igreja sem propósito?), igreja em célula, igreja com célula, igreja tradicional, pentecostal, neopentecostal, apostólica, patriarcal.
E os escândalos??? O que dizer daqueles que mancham o reino, a noiva, por causa de sua ganância e caráter. É duro ter que explicar para os que estou evangelizando, que nem todo pastor é ganancioso, tem jatinho, sonega imposto, esconde dólar na Bíblia pra não pagar tributo, que nem todos trocam a esposa pela secretária e saem depois atacando a tudo e a todos, inclusive ex-aliados.
Teria muito ainda a desabafar do meu cansaço, a judaização do evangelho, o desprezo à teologia pura, biblísta, os mantras gospel nas músicas, a banalização do ministério pastoral, mas por enquanto chega. Talvez eu o tenha escandalizado, se assim o fiz, perdão. Mas ainda sou um pregador, um entusiasta talvez numa visão utópica de que um dia a igreja se despertará e voltará à essência.
Como disse o poeta ao escrever a música : “Eu quero voltar, ao primeiro amor, ao primeiro amor, eu quero voltar à Deus”...
Shalom Adonai.

6 comentários:

  1. Excelente texto!
    Comentários farei pessoalmente.

    ResponderExcluir
  2. Sem rodeios, simples, direto e objetivo...Perfeito!!!

    ResponderExcluir
  3. Nao é ultrapassado, a mensagem de Deus é unica, e a mesma ate hoje, A salvação por Cristo Jesus, unico mediador entre Deus e o homem, e tao atual, pois muitos ainda desconhecem essa verdade. Parabens pelo seu ministério. Que Deus continue te abençoando sempre. E saiba que vc mora no meu coração como um filho, aprendi a te conhecer e te admirar desde cedo. Maristela Walz

    ResponderExcluir
  4. Muito bom...instigante a ler até o final! Parabéns...continue se cansando..rsrsr
    Raquel Senna de Laet

    ResponderExcluir
  5. Meu caro amigo e irmão,
    Isso é uma crise mundial, Chris Wright no Lausanne disse que estamos voltando aos mesmos pecados que nos levaram a reforma. É necessária uma reforma para que novamente venhamos afirmar:
    Sola Gracia
    Sola Fide
    Solus Cristus
    Sola Escriptura
    Soli Deo Glória
    Pastor Diego Lopes
    Africa do Sul

    ResponderExcluir
  6. "Estou participando da Campanha Siga e Seja Seguido da UBE blogs! Estou seguindo seu blog, siga o meu: #followback"

    http://blogadrianormontes.blogspot.com/

    ResponderExcluir